Paróquia Nossa Senhora do Carmo

Tel.: (13) 3261-2793 • paroquia@paroquiadocarmo.org.br

Rua Egydio Martins, 182 • Ponta da Praia • Santos • São Paulo • CEP: 11030-060

Artigos
Mineira irmã Benigna Victima de Jesus é declarada venerável
NOTÍCIAS 18-02-2022
Irmã Benigna Victima de Jesus.

BELO HORIZONTE, 18 fev. 22 / 02:30 pm (ACI).- A mineira irmã Benigna Victima de Jesus foi declarada venerável hoje, 18 de fevereiro. Durante audiência concedida ao prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, cardeal Marcello Semeraro, o papa Francisco autorizou a promulgação do decreto que reconhece as virtudes heroicas de irmã Benigna. Religiosa da Congregação das Irmãs Auxiliadoras de Nossa Senhora da Piedade, morreu em 1981, em Belo Horizonte (MG).


Irmã Benigna nasceu em 16 de agosto de 1907, em Diamantina (MG). Recebeu o nome de batismo Maria Conceição dos Santos. De família simples, recebeu dos pais os valores cristãos e logo manifestou a vocação para a vida religiosa. Participava das missas, coroações, procissões, rezas do terço.


Ingressou na Congregação das Irmãs Auxiliares de Nossa Senhora da Piedade em 11 de fevereiro de 1935 e assumiu o nome de irmã Benigna Victima de Jesus. Prestou serviços em diversas cidades de Minas Gerais, como Itaúna, Caeté, Lambari, Lavras, Sabará e Belo Horizonte.


Segundo o site das Irmãs Auxiliares de Nossa Senhora da Piedade, com a oração Salve Rainha, irmã Benigna despertou milhares de pessoas ao amor filial a Nossa Senhora. “Sua presença foi uma bênção para os idosos, conforto para as crianças carentes e sinal de luz para as famílias. Atendendo as pessoas, esquecia-se de si mesma e ao ser advertida para se cuidar um pouco mais, com um suave sorriso sempre respondia: Jesus tem pressa”, diz sua biografia. 


A arquidiocese de Belo Horizonte cita a caridade e a fortaleza como características fortes da personalidade de irmã Benigna, que se dedicou ao acolhimento aos pobres, humildes, doentes e aflitos.


A religiosa foi discriminada por causa da cor da sua pele, pela aparência física e várias doenças, incluindo a obesidade e distúrbios hormonais, que lhe causaram muito sofrimento.  Mas, escondeu suas mágoas através de seu peculiar senso de humor e da Graça que foi de onde tirou forças para superar dificuldades e continuar a se doar ao próximo, fazendo o bem.


Irmã Benigna morreu em 16 de outubro de 1981, após uma vida de entrega, doação e partilha. As flores que a cobriam no caixão foram levadas por devotos e amigos, que colocaram no lugar bilhetes com pedidos de graças.


Em outubro de 2011, a arquidiocese de Belo Horizonte deu início à fase diocesana do processo de beatificação de irmã Benigna Victima de Jesus. A fase romana do processo, na Congregação para as Causas dos Santos, teve início em 2013.


O arcebispo de Belo Horizonte e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Walmor Oliveira de Azevedo, afirmou que o reconhecimento das virtudes heroicas de irmã Benigna é “mais uma etapa importantíssima no processo até chegar ao passo decisivo de sua beatificação”.


“O processo de beatificação em curso, iniciado na arquidiocese de Belo Horizonte, mostra que a Irmã Benigna é uma mulher admirável por sua vida pautada no amor pelo próximo, especialmente enfermos e pobres. Uma história que nos revela o caminho da santidade vivido e testemunhado na especialidade do amor fraterno”, disse ao site da arquidiocese de Belo Horizonte.

.:: • © Copyright 2010 - 2022, Paróquia Nossa Senhora do Carmo ® • Santos • São Paulo • (13) 3261-2793 • paroquia@paroquiadocarmo.org.br • http://www.paroquiadocarmo.org.br
Rua Egydio Martins, 182 • Ponta da Praia • .::
.:: • PORTALWEB 6.0 ® • WCMS Web Content Management Systems • Development for Santos Digital ™ Global Strategy